Imagem capa - PET EM CASAMENTO por Walter Junior
Dicas para Noivas

PET EM CASAMENTO


Quem tem um pet sabe o amor que somos capazes de sentir por esses bixinhos, muitos tornam-se inclusive membros da família e é normal querer que eles estejam ao seu lado em um dos dias mais importante da sua vida.

Mas, é bom lembrar que o seu pet não está habituado a locais com grandes multidões e barulhos, não deixe que a elegância estrague o conforto e bem estar do seu amigo.

Muitos casais atualmente levam o pet como convidado especial ou o escolhem para ocupar o lugar do pajem, portando as tão importantes alianças, mas para que tudo ocorra dentro do esperado deve-se levar algumas coisas em consideração.






1- Inicialmente certifique-se que o local do casamento permite a entrada do seu pet, ninguém quer que essa data seja lembrada por ter um amigo barrado na portaria.


2- O mais importante é deixar o pet o mais confortável possível, mesmo que ele seja extremamente amigável e extrovertido, vale lembrar que, é um ambiente totalmente novo e diferente, com muitas informações para serem processadas e isso pode atrapalhar muito no comportamento deles.


3- Depois de conferir que o seu pet está apto para a função e que o local permite a entrada dele, é a vez dos convidados, é de extrema importância informar que seu amigo tão especial estará presente. Leve em consideração que algumas pessoas podem ter alergia aos pets, e ninguém quer causar nenhum mal estar neste dia.


4- Além disso, seu pet tem que estar o mais confortável possível, não coloque enfeites que possam deixar ele irritado, desconfortável ou que cause alguma tragédia, certifique-se também que a decoração não seja tóxica, quem tem um pet sabe o quanto eles gostam de experimentar novos sabores (rsrsrs).


5- É claro que apesar de tantas preocupações os momentos com seu pet devem ser registrados, por isso, informe o seu fotógrafo desde o início para que assim ele possa registrar as melhores fotos do seu companheiro, lembre-se que ele não é como os humanos que fazem poses conforme solicitado, mas as espontâneas sempre ficam mais lindas não é mesmo?


6- Por fim, alguém deve ficar responsável pelo pet, cuidando dele durante toda a noite ou levando para um local seguro e confortável após a cerimônia, para que seus pais humanos possam aproveitar a noite.



É óbvio que você sempre vai prezar pelo bem estar do seu amigo e sabemos que a festa de casamento não é o local mais indicado para isso, podendo até colocar a segurança do seu pet em risco.

Registrar momentos tão especiais ao lado deste amigo é indispensável, mas não esqueça sempre de prezar pelo bem estar e conforto dele, para que assim ele possa continuar fazendo os noivos muito felizes.

Ter o seu companheiro neste dia especial requer muito planejamento, mas quando tudo dá certo não há quem não fique morrendo de amores por esses bixinhos que roubam o nosso coração e só espalham sentimentos bons!

Texto:  Isadora 


@fotoswalterjunior